Páginas


Esta iniciativa consite em ações que possibilitem momentos de reflexão e construção pedagogica, abrangendo ainda propostas significativas para a prática cotidiana do educadores. De acordo com o contexto escolar e vivências as ideias e sugestões podem ser adequadas as necessidades reais nas expectativas de educadores e educandos

16 de jan de 2013

ALFABETIZAÇÃO


Para Alfabetizar os Alunos
  • organize a classe de maneira que todos os alunos possam participar dos projetos
  • leia diariamente para eles
  • escreva na lousa ou num cartaz o título do texto lido e o nome dos personagens (se houver)
  • peça que reproduzam o que você leu, como souberem
  • coloque material de leitura ao alcance dos alunos
  • comente sobre livros ou outros textos que você leu e achou interessantes
  • trabalhe com textos que permitam memorização, organize coletâneas com eles e incentive o aluno a fazer leitura de memória
  • leve para a sala de aula embalagens vazias, folhetos de propaganda, catálogo de livros etc
  • crie situações em que a escrita se faça necessária
  • faça produção coletiva de textos
  • procure ler o que os alunos rabiscam ou tentam escrever - traduza para a escrita convencional
  • distribua letras móveis e desafie-os a formar e ler palavras
  • ofereça jogos e incentive-os a jogar
  • elogie todas as tentativas dos alunos


Trabalho com Classes Heterogêneas
Atividades das quais todos participam:
  • conversas e debates
  • leitura, compreensão e interpretação de texto
  • produção de texto: coletiva, em grupos, dupla e individual
  • recriação de texto de outros autores
Atividades para alunos não alfabetizados:
  • jogos para:
    • reconhecer letras
    • relacionar som e grafia
    • perceber como se combinam letras formando palavras
    • leitura apoiada principalmente na memória e na ilustração
    • escuta de leitura
    • compreensão e interpretação de textos (oralmente, através de desenhos, dramatizações, tentativas de escrita)
Atividades exclusivas para alunos alfabetizados:
  • jogos para aperfeiçoar:
    • grafia das palavras
    • aspectos gramaticais
    • segmentação de palavras e frases
  • uso de dicionário
  • trabalho independente de leitura e escrita
  • revisão de texto (auto correção)
  • reescrita de texto - coletiva, em duplas, individualmente


Sugestões de atividades
Atividades das quais todos participam:
  • Leitura de histórias e outros textos
    • desperta e desenvolve o gosto pela leitura;
    • favorece o conhecimento intuitivo da escrita;
    • possibilita a internalização do discurso escrito - por exemplo, a leitura freqüente de texto narrativo favorece a apropriação da estrutura da narrativa e do uso de elementos de coesão, contribuindo para que o aluno produza textos mais claros e coerentes
  • Elaboração de jornal
    • possibilita que o aluno se exercite na produção de diferentes tipos de textos (narrativo, informativo, argumentativo, publicitário, humorístico etc;
    • desenvolve habilidades de planejamento, coleta e organização de informações; escolha do tipo de texto mais adequado à finalidade definida; planejamento do texto a ser escrito, de acordo com a modalidade textual (narrativo, publicitário, argumentativo etc; revisão e reescrita de texto; diagramação; ilustração.
  • Títulos (de histórias e outros textos)
    • favorecem a leitura do texto (ajudam a antecipar o conteúdo / mensagem do texto)
    • ajudam a estabelecer relação entre texto e contexto (construção do sentido)
    • contribuem para a alfabetização inicial:
      • são modelos de escrita convencional - quando, após uma leitura feita, o professor registra o título na lousa ou num cartaz para o aluno copiar no caderno;
      • levam a pensar sobre a escrita - quando o aluno é solicitado a escrever o título da história lida, da forma que sabe;
      • possibilitam observar a separação das palavras numa frase;
    • podem ser utilizados em diferentes atividades (dar títulos a desenhos, contos etc.
  • Trabalho com nomes próprios
    • os nomes próprios são um ótimo ponto de partida para a alfabetização porque:
      • são palavras significativas para os alunos;
      • funcionam como modelos estáveis de escrita convencional;
      • propiciam o confronto entre diferentes escritas (diferentes nomes têm letras diversas, diferentes quantidades e arranjos de letras);
      • fornecem informações sobre letras e outras convenções da escrita de palavras (variedade, quantidade, posição das letras na palavra).
  • Atividades com letras móveis
    • facilitam a alfabetização inicial porque:
      • os alfabetizandos arriscam-se mais em suas tentativas de escrita e corrigem com mais rapidez e menos esforços quando erram;
      • favorecem a reflexão sobre a escrita: que letras usar, quantas, em que ordem;
      • estimulam a cooperação entre os colegas - os mais adiantados ajudam os que têm dificuldade.
  • Jogos
    • levam ao reconhecimento das letras do alfabeto;
    • ajudam a relacionar som e grafia
    • contribuem para a percepção de como se combinam letras para formar palavras;
    • fixam a grafia correta de palavras mais usuais;
    • favorecem a aprendizagem de conteúdos gramaticais.
  • Revisão e escrita coletiva e individual de texto
    • desenvolve a consciência da necessidade de estruturar bem o texto, evitando lacunas e repetições, utilizando eixos de coesão próprios da escrita e pontuação;
    • favorece o uso adequado da concordância verbal, nominal e pronominal;
    • contribui para a grafia correta das palavras mais usadas.
  • Trabalho com rimas: poesias, letras de músicas, parlendas, adivinhas etc
    • desperta e desenvolve o gosto por esse tipo de texto;
    • desenvolve a sensibilidade e a consciência sonora, fundamentais para a alfabetização;
    • familiariza o aluno com aspectos discursivos do texto poético: rima, ritmo, repetição, uso de metáforas e aspectos gráficos de organização desse tipo de texto;
    • por ser fácil de memorizar, o texto poético pode ser usado na alfabetização inicial: como modelo de escrita convencional; como texto para leitura de memória; para atividades lúdicas do tipo: descobrir a palavra que falta, colocar em ordem os versos, remontar estrofes, recortando e colando as palavras da poesia, canção ou parlenda etc.
  • Trabalho com rótulos e propagandas
    • possibilita o reconhecimento de nomes de marcas conhecidas;
    • propicia o contato com diferentes tipos de letras;
    • funciona como modelo de escrita convencional;
    • leva a pensar sobre como se estruturam as palavras (letra inicial e final, relação entre som e grafia, posição das letras na palavra);
    • favorece a capacidade de grafar um certo número de palavras e frases curtas (apoiando-se na memória) mesmo antes de estar alfabetizado.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Faça Seu Comentário sem Medo
- Não Xingar ou Ofender os Usuários
- Faça Perguntas a Vontade